Ondulatória

Ondulatória

Professor Diminoi

ONDULATÓRIA

É a parte da Física que estuda as ondas, como por exemplo, a onda numa corda, onda do mar, ondas eletromagnéticas, como a luz, ondas sonoras, como o som, etc.

Característica Fundamental das Ondas - As ondas transportam energia mas não transportam matéria.

Onda - É uma pertubação que se propaga em um determinado meio.

Pulso de onda  -  Qualquer perturbação (vibração, abalo) que se propaga em um determinado meio.

Fonte - Qualquer elemento que origine os pulsos provocando a perturbação. A fonte fornece energia ao sistema (meio) no qual as ondas vão se propagar.

Meio - Local onde a onda está se propagando.

      

formação de onda na superfície de um líquido

 

V = velocidade (m/s)

ƒ = frequênçia (Hz)

λ = comprimento (m)

T = período (tempo) (s)

QUESTÕES RESOLVIDAS – ONDULATÓRIA

01) (IFRS) O som é a propagação de uma onda mecânica longitudinal que se propaga apenas em meios materiais. O som possui qualidades diversas que o ouvido humano normal é capaz de distinguir. Associe corretamente as qualidades fisiológicas do som apresentadas a seguir com as situações apresentadas logo abaixo.

Qualidades fisiológicas

(1) Intensidade

(2) Timbre

(3) Frequência

Situações

(  ) Abaixar o volume do rádio ou da televisão.

(  ) Distinguir uma voz aguda de mulher de uma voz grave de homem.

(  ) Distinguir sons de mesma altura e intensidade produzidos por vozes de pessoas diferentes.

(  ) Distinguir a nota Dó emitida por um violino e por uma flauta.

(  ) Distinguir as notas musicais emitidas por um violão.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

A) 1 – 2 – 3 – 3 – 2

B) 1 – 3 – 2 – 2 – 3

C) 2 – 3 – 2 – 2 – 1

D) 3 – 2 – 1 – 1 – 2

E) 3 – 2 – 2 – 1 – 1

Resolução:

(1) – O volume está relacionado à intensidade, energia propagada por unidade de área dentro de um intervalo de tempo.

(3) – Ondas graves possuem baixa frequência, já as ondas agudas possuem alta frequência.

(2) – O timbre é a característica que nos faz diferenciar sons de mesma intensidade e altura produzidos por fontes distintas.

(2) – O timbre é a característica que nos faz diferenciar sons de mesma intensidade e altura produzidos por fontes distintas.

(3) – Cada nota musical possui uma frequência característica.

Alternativa: B

 

02) (Uece) Sobre as ondas sonoras, é correto afirmar que não se propagam:

A) na atmosfera.

B) na água.

C) no vácuo.

D) nos meios metálicos.

Resolução:

O som é uma onda do tipo mecânica, e isso significa que as ondas sonoras precisam de um meio de propagação, um lugar por onde se movem. No vácuo, não existem moléculas capazes de sofrerem vibrações e produzirem sons.

Alternativa: C

 

03) Marque a alternativa correta a respeito da velocidade de propagação das ondas sonoras.

A) O som pode propagar-se apenas em meios gasosos.

B) Em meios líquidos, a velocidade do som é maior do que em meios sólidos.

C) A velocidade de propagação do som no aço é maior do que na água.

D) A velocidade de propagação do som na água é maior do que no aço.

E) O som, assim como as ondas eletromagnéticas, pode ser propagado no vácuo.

Resolução:

O som é uma onda mecânica, por isso, precisa de uma meio de propagação. Quanto maior for a proximidade das moléculas que compõem o meio de propagação das ondas sonoras, maior será a sua velocidade. Dessa forma, a velocidade do som nos sólidos é maior que nos líquidos e nos gases.

Alternativa: C

 

04) Marque a alternativa que responde corretamente o fato de a frequência das ondas não ser alterada na ocorrência da refração.

A) A única mudança que ocorre na refração é da velocidade das ondas.

B) Caso a frequência fosse alterada, a onda sofreria colapso e seria completamente anulada.

C) A frequência de todas as ondas é a mesma, por isso, essa grandeza não pode ser alterada na refração.

D) A frequência depende somente da fonte que produz as oscilações. Essa grandeza só será alterada caso a própria fonte aumente ou diminua sua frequência.

E) Todas as alternativas estão incorretas.

Resolução:

A frequência é definida como a quantidade de ondas produzidas dentro de um intervalo de tempo. Essa característica das ondas depende apenas da fonte geradora delas, sendo assim, mesmo na ocorrência de uma refração, a frequência das ondas será mantida.

Alternativa: D

 

05) UFMG) Uma pessoa toca no piano uma tecla correspondente à nota mi e, em seguida, a que corresponde a sol.

Pode-se afirmar que serão ouvidos dois sons diferentes porque as ondas sonoras correspondentes a essas notas têm:

A) amplitudes diferentes

B) frequências diferentes

C) intensidades diferentes

D) timbres diferentes

E) velocidade de propagação diferentes

Resolução:

Cada nota musical possui uma frequência característica, logo, os sons serão diferentes porque as notas possuem frequências distintas.

Alternativa: B

 

06) (UFPE) Diante de uma grande parede vertical, um garoto bate palmas e recebe o eco um segundo depois. Se a velocidade do som no ar é 340 m/s, o garoto pode concluir que a parede está situada a uma distância aproximada de:

A) 17 m

B) 34 m

C) 68 m

D) 170 m

E) 340 m

Resolução:

Aqui podemos utilizar a equação que define velocidade:

v = Δs ÷ Δt

Para que haja eco, o som deve sair da fonte, chocar-se com um obstáculo e voltar. Sendo assim, o espaço percorrido deve ser multiplicado por 2:

v = 2Δs ÷ Δt

340 = 2Δs ÷ 1

340 = 2Δs

340 ÷ 2 = Δs

Δs = 170 m

Alternativa: D

 

07) A respeito da classificação das ondas, marque a alternativa incorreta:

A) As ondas classificadas como longitudinais possuem vibração paralela à propagação. Um exemplo desse tipo de onda é o som.

B) O som é uma onda mecânica, longitudinal e tridimensional.

C) Todas as ondas eletromagnéticas são transversais.

D) A frequência representa o número de ondas geradas dentro de um intervalo de tempo específico. A unidade Hz (Hertz) significa ondas geradas por segundo.

E) Quanto à sua natureza, as ondas podem ser classificadas em mecânicas, eletromagnéticas, transversais e longitudinais.

Resolução:

Os termos longitudinais e transversais referem-se à classificação das ondas quanto à direção de propagação.

Alternativa: E

 

08) Uma determinada fonte gera 3600 ondas por minuto com comprimento de onda igual a 10 m. Determine a velocidade de propagação dessas ondas.

A) 500 m/s

B) 360 m/s

C) 600 m/s

D) 60 m/s

E) 100 m/s

Resolução:

A frequência deve estar em rotações por segundo (Hz). Sabendo que 1 min = 60 s, temos:

F = 3600 ÷ 60 = 60 Hz

Sendo assim, temos:

v = λ.f

v = 10. 60 = 600 m/s

Alternativa: C

 

09) (Mackenzie SP/2006) As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas que se propagam na atmosfera com a velocidade da luz (3,0.105 km/s) e com frequências que variam de uma estação para a outra.

A rádio CBN emite uma onda de frequência 90,5 MHz e comprimento de onda aproximadamente igual a:

A) 2,8 m

B) 3,3 m

C) 4,2 m

D) 4,9 m

E) 5,2 m

Resolução:

f = 90,5 MHz = 90,5 . 10Hz

Velocidade da luz (c) = 3,0 . 105 km/s = 3,0 . 108 m/s

Podemos utilizar a equação: v = λ . f, mas nesse caso trocaremos “v” por “c” por se tratar da velocidade da luz.

Logo:

c = λ . f

3,0 . 108 = λ . 90,5 . 106

λ = 3,0 . 108
      90,5.106

λ = 0,033 . 108-6 = 0,033 . 10²

λ = 3,3 m

Alternativa: B

 

10) (Unifor/CE/Conh. Gerais) Na figura está representada a configuração de uma onda mecânica que se propaga com velocidade de 20 m/s.

A frequência da onda, em hertz, vale:

A) 5,0

B) 10

C) 20

D) 25

E) 50

Resolução:

Pela figura podemos perceber que λ/4 = 20 cm

 Logo λ = 80 cm = 0,8 m

 Como v = λ . f e sabendo que v = 20 m/s, temos: 20 = 0,8 . f

f = 20

0,8

f = 25 Hz

Alternativa: D

 

11) É correto afirmar sobre as ondas mecânicas:

A) transportam massa e energia

B) transportam massa e quantidade de movimento

C) transportam matéria

D) Transportam energia e quantidade de movimento

E) Nda

Resolução;

As ondas mecânicas são perturbações de um meio material elástico que se propagam por esse meio, transportando energia e quantidade de movimento.

Portanto, na propagação das ondas há transporte de energia e quantidade de movimento.

Alternativa: D

 

12) Suponha uma corda de 10 m de comprimento e massa igual a 500 g. Uma força de intensidade 300 N a traciona, determine a velocidade de propagação de um pulso nessa corda.

Resolução:

O comprimento da corda (L) = 10 m

m = 500 g = 0,5 kg

μ = m/L

 μ = 0,5

10

μ = 0,05 kg/m

v = √F/μ

v = √300/0,05

v = √6000

 v = 77 m/s

 

EXERCÍCIOS - ONDULATÓRIA

01) (Mackenzie - SP) As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas que se propagam na atmosfera com a velocidade da luz (3,0.105 km/s) e com frequências que variam de uma estação para a outra. A rádio CBN emite uma onda de frequência 90,5 MHz e comprimento de onda aproximadamente igual a:

(A) 2,8 m

(B) 3,3 m

(C) 4,2 m

D) 4,9 m

(E) 5,2 m

 

02) (Unifor - CE) Na figura está representada a configuração de uma onda mecânica que se propaga com velocidade de 20 m/s.

 

A frequência da onda, em hertz, vale:

a) 5,0

b) 10

c) 20

d) 25

e) 50

 

03) (PUC) É correto afirmar sobre as ondas mecânicas:

(A) transportam massa e energia

(B) transportam massa e quantidade de movimento

(C) transportam matéria

(D) Transportam energia e quantidade de movimento

(E) Nda

 

04) (UFMG) Uma pessoa toca no piano uma tecla correspondente à nota mi e, em seguida, a que corresponde a sol. Pode-se afirmar que serão ouvidos dois sons diferentes porque as ondas sonoras correspondentes a essas notas têm:

(A) amplitudes diferentes

(B) frequências diferentes

(C) intensidades diferentes

(D) timbres diferentes

(E) velocidade de propagação diferentes

 

05) (UFPE) Diante de uma grande parede vertical, um garoto bate palmas e recebe o eco um segundo depois. Se a velocidade do som no ar é 340 m/s, o garoto pode concluir que a parede está situada a uma distância aproximada de:

(A) 17 m

(B) 34

(C) 68 m

(D) 170 m

(E) 340 m

 

06) (Vunesp) A respeito da classificação das ondas, marque a alternativa incorreta:

(A) As ondas classificadas como longitudinais possuem vibração paralela à propagação. Um exemplo desse tipo de onda é o som.

(B) O som é uma onda mecânica, longitudinal e tridimensional.

(C) Todas as ondas eletromagnéticas são transversais.

(D) A frequência representa o número de ondas geradas dentro de um intervalo de tempo específico. A unidade Hz (Hertz) significa ondas geradas por segundo.

(E) Quanto à sua natureza, as ondas podem ser classificadas em mecânicas, eletromagnéticas, transversais e longitudinais.

 

07) (Fuvest) Uma determinada fonte gera 3600 ondas por minuto com comprimento de onda igual a 10 m. Determine a velocidade de propagação dessas ondas.

(A) 500 m/s

(B) 360 m/s

(C) 600 m/s

(D) 60 m/s

9E) 100 m/s

 

08) (VUNESP 2005) Uma pequena esfera suspensa por uma mola executa movimento harmônico simples na direção vertical. Sempre que o comprimento da mola é máximo, a esfera toca levemente a superfície de um líquido em um grande recipiente, gerando uma onda que se propaga com velocidade de 20 cm/s. Se a distância entre as cristas da onda for 5,0cm, a freqüência de oscilação da esfera será:

(A) 0,5Hz.

(B) 1,0Hz.

(C) 2,0Hz.

(D) 2,5Hz.

(E) 4,0Hz.

GABARITO: 01B – 02D – 03D – 04B – 05D – 06E – 07C - 08E.

 

TIPOS DE ONDAS 

Conforme sua natureza as ondas são classificadas em:

Ondas Mecânicas

São ondas que dependem de um meio material para se propagar, ou seja, sua propagação envolve o transporte de energia cinética e potencial e depende da elasticidade do meio. Por isto não é capaz de propagar-se no vácuo. Alguns exemplos são os que acontecem em molas e cordas, sons e em superfícies de líquidos.

Onda na corda

 

 

Onda sonora

Ondas Eletromagnéticas

São ondas geradas por cargas elétricas oscilantes e sua propagação não depende de um meio material para se propagar, podendo propagar-se no vácuo e em determinados meios materiais.

Alguns exemplos são as ondas de rádio, de radar, os raios x e as microondas e a luz.

Observação: Todas as ondas eletromagnéticas tem em comum a sua velocidade de propagação no vácuo, próxima a 300000km/s, que é equivalente a 1080000000km/h.

 

CLASSIFICAÇÃO DAS ONDAS

Classificação em relação à direção de propagação

Ondas Unidimensionais

Só se propagam em uma direção (uma dimensão), como uma onda em uma corda.

Ondas Bidimensionais

Podem se propagar em duas direções (x e y do plano cartesiano), como a onda provocada pela queda de um objeto na superfície da água.

Ondas Tridimensionais

Estas se propagam em todas as direções possíveis, como ondas sonoras, a luz, etc.

RESUMO:

Classificação quanto a direção de propagação

Ondas Longitudinais

Nas ondas longitudinais, a vibração da fonte é paralela ao deslocamento da onda.

Ondas Transversais

São ondas em que a direção da propagação e a direção da vibração são perpendiculares.

CARACTERÍSTICA FUNDAMENTAL DE UMA ONDA

Se onda nas transporta matéria como os surfista pegam ondas?

Uma onda no mar ou uma corda balançando possuem esta aparência.  Este tipo de onda pode ser caracterizada da seguinte forma:

"A onda está propagando-se da esquerda para a direita, na horizontal, mas qualquer ponto da corda move-se para cima e para baixo, na vertical. Como a direção de propagação da onda é perpendicular, ou seja, forma um ângulo de 90º com a direção de oscilação de qualquer ponto sobre a corda, dizemos que ela é transversal".

Observar a praia, além de trazer uma excelente sensação de bem estar, ajuda a perceber que uma onda possui certa velocidade, e que ela inicia seu movimento no oceano vindo quebrar na praia.  Obviamente, observando este fenômeno, podemos concluir que esta onda pode mover-se de um lugar para o outro.  Se você estiver dentro da água, e uma onda passar por você antes dela "estourar", que movimento seu corpo irá realizar?  

O corpo movimentar-se-á na direção de vibração da onda do mar, isto é, seu corpo irá subir e depois descer.

Os surfistas se valem desta experiência para praticar seu esporte com eficácia. Eles procuram um local onde as ondas se elevem e, neste momento, as ondas arrebentam na praia. Assim, eles são impelidos para frente e executam as manobras mais radicais.

Observação: Não esqueça, as onda NÃO transporta matéria, apenas energia. Sendo assim, o surfista é movido pela arrebentação da onda (ou seja, a onda está se destruindo) e não pela onda em si.

 

 

COMPONENTES DE UMA ONDA

Componentes de uma onda.

Eixo ou Linha de Equilíbrio: é a linha que "passa" na metade da onda.

Comprimento: é o tamanho de uma onda, que pode ser medida em três pontos diferentes: de crista a crista, do início ao final de um período ou de vale a vale. Crista é a parte alta da onda, vale, a parte baixa. É representada no SI pela letra grega lambda (λ)

Amplitude:  é a distância entre o eixo da onda até a crista ou distância entre o eixo da onda até a valeQuanto maior for a amplitude, maior será a quantidade de energia transportada.

Vale: nessa  ilustração vale é  aparte mais baixa da onda até o eixo.

 Física - Ondas: Conceito (15:30)

https://www.youtube.com/watch?v=azd53ccObUA

 

FREQUÊNCIA 

É o número de oscilações da onda, por um certo período de tempo. A unidade de frequência do Sistema Internacional (SI), é o hertz (Hz) , que equivale a 1 segundo, e é representada pela letra f. Então, quando dizemos que uma onda vibra a 60Hz, significa que ela oscila 60 vezes por segundo.

Observação: a frequência de uma onda só muda quando houver alterações na fonte.

Exemplo:  No caso de frequência cardíaca é quantos pulsos (batidas) o coração dar em um segundo.

            

  

PERÍODO 

É o intervalo de tempo necessário para para que um fenômeno se repita, ou seja, complete um ciclo. No caso do relógio o período para que o ponteiro maior sai e chegue ao nume 12 é de 1 hora.

Período - É o tempo necessário para a fonte produzir uma onda completa. No SI, é representado pela letra T, e é medido em segundos.

 Física - Velocidade das Ondas (16:53)

https://www.youtube.com/watch?v=L4q3qBxhErc

 

PARTICULARIDADES DE UMA ONDA

Velocidade de uma onda

Todas as ondas possuem uma velocidade, que sempre é determinada pela distância percorrida, sobre o tempo gasto. Nas ondas, essa equação fica:

      

 

EXERCÍCIOS – VELOCIDADE DE PROPAGAÇÃO

01) (Vunesp) O gráfico abaixo representa uma onda que se propaga com velocidade igual a 300m/s.

 

Determine:

a) a amplitude da onda;

b) o comprimento de onda;

c) a frequência;

d) o período.

 

EXERCÍCIOS – REFRAÇÃO

02) (Vunesp) Uma agulha vibratória produz ondas com velocidade de propagação igual a 160m/s e comprimento de onda de 1mm, chegando em uma diferença de profundidade com um ângulo formado de 45° e sendo refratado. Após a mudança de profundidades o ângulo refratado passa a ser de 30°.

Qual é a nova velocidade de propagação da onda?

E o comprimento das ondas refratadas?

GABARITO

01[ a) A = 0,8cm ], [b)∇  = 1,5cm], [c) f = 20 000Hz], [d) T = 5 .10-5s] -  02[a) V2 = 113,1 m/s],  [ ∇2 = 0,7mm].

 

Característica fundamenta das onda - Transportam energia mas não transportam matéria (massa)

 

Interferência de ondas - Consiste na superposição de duas ondas no espaço. Esse fenômeno pode ser classificado de duas formas: interferência construtiva ou destrutiva.

Você percebeu que quando o celular toca perto das caixinhas de som de um computador ocorre um barulho estranho? Você também já ouviu dizer que deve-se deixar o celular desligado  ao viajar de avião? Pois é, tanto num caso como no outro o que ocorre são interferências de ondas.

 

ONDULATÓRA - QUESTÕES RESOLVIDAS

01) (UFMG) Uma pessoa toca no piano uma tecla correspondente à nota mi e, em seguida, a que corresponde a sol. Pode-se afirmar que serão ouvidos dois sons diferentes porque as ondas sonoras correspondentes a essas notas têm:

(A) amplitudes diferentes

(B) frequências diferentes

(C) intensidades diferentes

(D) timbres diferentes

(E) velocidade de propagação diferentes

Resolução:

Cada nota musical possui uma frequência característica, logo, os sons serão diferentes porque as notas possuem frequências distintas.

Alternativa: B

 

02) (UFPE) Diante de uma grande parede vertical, um garoto bate palmas e recebe o eco um segundo depois. Se a velocidade do som no ar é 340 m/s, o garoto pode concluir que a parede está situada a uma distância aproximada de:

(A) 17 m

(B) 34 m

(C) 68 m

(D) 170 m

(E) 340 m

Resolução:

Aqui podemos utilizar a equação que define velocidade:

v = Δs ÷ Δt

Para que haja eco, o som deve sair da fonte, chocar-se com um obstáculo e voltar. Sendo assim, o espaço percorrido deve ser multiplicado por 2:

v = 2Δs ÷ Δt

340 = 2Δs ÷ 1

340 = 2Δs

340 ÷ 2 = Δs

Δs = 170 m

Alternativa: D

 

03) A respeito da classificação das ondas, marque a alternativa incorreta:

(A) As ondas classificadas como longitudinais possuem vibração paralela à propagação. Um exemplo desse tipo de onda é o som.

(B) O som é uma onda mecânica, longitudinal e tridimensional.

(C) Todas as ondas eletromagnéticas são transversais.

(D) A frequência representa o número de ondas geradas dentro de um intervalo de tempo específico. A unidade Hz (Hertz) significa ondas geradas por segundo.

(E) Quanto à sua natureza, as ondas podem ser classificadas em mecânicas, eletromagnéticas, transversais e longitudinais.

Resolução:

Os termos longitudinais e transversais referem-se à classificação das ondas quanto à direção de propagação.

Alternativa: E

 

04) Uma determinada fonte gera 3600 ondas por minuto com comprimento de onda igual a 10 m. Determine a velocidade de propagação dessas ondas.

(A) 500 m/s

(B) 360 m/s

(C) 600 m/s

(D) 60 m/s

(E) 100 m/s

Resolução:

A frequência deve estar em rotações por segundo (Hz). Sabendo que 1 min = 60 s, temos:

F = 3600 ÷ 60 = 60 Hz

Sendo assim, temos:

v = λ.f

v = 10. 60 = 600 m/s

Alternativa: C

 

 

05) (FAMEMA-SP) Com o objetivo de simular as ondas no mar, foram geradas, em uma cuba de ondas de um laboratório, as ondas bidimensionais representadas na figura, que se propagam de uma região mais funda (região 1) para uma região mais rasa (região 2).

Sabendo que, quando as ondas passam de uma região para a outra, sua frequência de oscilação não se altera e considerando as medidas indicadas na figura, é correto afirmar que a razão entre as velocidades de propagação das ondas nas regiões 1 e 2 é igual a:

(A) 1,6.

(B) 0,4.

(C) 2,8.

(D) 2,5.

(E) 1,2.

Resolução:

Os valores 2 m e 0,8 m representam os comprimentos das ondas nas regiões 1 e 2, respectivamente.

A frequência das ondas deve ser a mesma nas duas regiões, pois, na mudança de lugar de propagação, a frequência de uma onda não é alterada. Sendo assim, temos:

F1 = F2

Sabendo que a velocidade de uma onda é dada pelo produto do comprimento de onda e a velocidade, podemos entender que a frequência é a razão da velocidade pelo comprimento de onda:

Alternativa: D

 

06) (IFGO) As ondas são formas de transferência de energia de uma região para outra. Existem ondas mecânicas – que precisam de meios materiais para se propagarem – e ondas eletromagnéticas – que podem se propagar tanto no vácuo como em alguns meios materiais. Sobre ondas, podemos afirmar corretamente que

(A) a energia transferida por uma onda eletromagnética é diretamente proporcional à frequência dessa onda.

(B) o som é uma espécie de onda eletromagnética e, por isso, pode ser transmitido de uma antena à outra, como ocorre nas transmissões de TV e rádio.

(C) a luz visível é uma onda mecânica que somente se propaga de forma transversal.

(D) existem ondas eletromagnéticas que são visíveis aos olhos humanos, como o ultravioleta, o infravermelho e as micro-ondas.

(E) o infrassom é uma onda eletromagnética com frequência abaixo da audível.

Resolução:

A) Correta

B) Errado: O som é uma onda mecânica.

C) Errado: A luz visível é uma onda eletromagnética.

D) Errado: O ultravioleta e infravermelho não são ondas que compõem o espectro visível.

E) Errado: O infrassom é uma onda mecânica com frequência abaixo do audível.

Alternativa: A

 

07) A respeito das características das ondas, marque a alternativa errada.

(A) Ondas sonoras e ondas sísmicas são exemplos de ondas mecânicas.

(B) A descrição do comportamento das ondas mecânicas é feita pelas leis de Newton.

(C) As ondas eletromagnéticas resultam da combinação de um campo elétrico com um campo magnético.

(D) A descrição das ondas eletromagnéticas é feita por meio das equações de Maxwell.

(E) Quanto à direção de propagação, as ondas geradas em um lago pela queda de uma pedra na água são classificadas como tridimensionais.

Resolução:

As ondas geradas em um lago pela queda de uma pedra na água são classificadas como bidimensionais, pois existem apenas sobre a superfície da água.

Alternativa: E

 

08) O som mais grave que o ouvido humano é capaz de ouvir possui comprimento de onda igual a 17 m. Sendo assim, determine a mínima frequência capaz de ser percebida pelo ouvido humano.

Dados: Velocidade do som no ar = 340 m/s

(A) 10 Hz

(B) 15 Hz

(C) 17 Hz

(D) 20 Hz

(E) 34 Hz

Resolução:

A partir da equação da velocidade de uma onda, podemos escrever que:

v = λ . f

f = v ÷ λ

f = 340 ÷ 17

 f = 20 Hz

Alternativa: D

 

 

09) (Enem/2015) Certos tipos de superfícies na natureza podem refletir luz de forma a gerar um efeito de arco-íris. Essa característica é conhecida como iridescência e ocorre por causa do fenômeno da interferência de película fina. A figura ilustra o esquema de uma fina camada iridescente de óleo sobre uma poça d’água. Parte do feixe de luz branca incidente (1) reflete na interface ar/óleo e sofre inversão de fase (2), o que equivale a uma mudança de meio comprimento de onda. A parte refratada do feixe (3) incide na interface óleo/água e sofre reflexão sem inversão de fase (4). O observador indicado enxergará aquela região do filme com coloração equivalente à do comprimento de onda que sofre interferência completamente construtiva entre os raios (2) e (5), mas essa condição só é possível para uma espessura mínima da película. Considere que o caminho percorrido em (3) e (4)  corresponde ao dobro da espessura E da película de óleo.

 

Expressa em termos do comprimento de onda (λ), a espessura mínima é igual a:

(A) λ/4                          

(B) λ/2                                

(C) 3λ/4                      

(D) λ 

(E) 2λ

Resolução:
A diferença de caminho entre as ondas que se superpõem é o dobro da espessura E da lâmina. Sendo a interferência construtiva, temos:

2E = i.λ / 2

sendo i = 1, 3, 5, ...

A espessura mínima corresponde a i = 1:

2E = 1 . λ /2

E = λ / 4

Resposta: A

 

10) (Enem) Uma manifestação comum das torcidas em estádios de futebol é a ola mexicana. Os espectadores de uma linha, sem sair do lugar e sem se deslocarem lateralmente, ficam de pé e se sentam, sincronizados com os da linha adjacente. O efeito coletivo se propaga pelos espectadores do estádio, formando uma onda progressiva, conforme ilustração.

Ola mexicana feita por torcedores em estádios de futebol

Ola mexicana feita por torcedores em estádios de futebol

Calcula-se que a velocidade de propagação dessa “onda humana” é 45 km/h, e que cada período de oscilação contém 16 pessoas, que se levantam e sentam organizadamente e distanciadas entre si por 80 cm.

Disponível em: www.ufsm.br.

Acesso em: 7 dez. 2012 (adaptado). 

Nessa olá mexicana, a frequência da onda, em hertz, é um valor mais próximo de 

(A) 0,3
(B) 0,5
(C) 1,0
(D) 1,9
(E) 3,7.

Resolução
Inicialmente   podemos    calcular    o   comprimento   de    onda    multiplicando  a  distância  entre  as  pessoas,  0,8 (80 cm = 0,8m), pelo número de “distâncias”, que é 15, visto que há 16 pessoas:

λ = 15 . 0,8
λ = 12 m

Em seguida, calcula-se a frequência através da seguinte expressão:

f = v
     λ 

Dada a velocidade (v = 45 km/h), devemos passar sua unidade de medida para m/s. Para isso, basta dividi-la por 3,6:

= 45  = 12,5 m/s
      3,6

Substituindo na equação:

f = 12,5 = 1,04
        12

Alternativa: C

 

11) (Enem) A radiação ultravioleta (UV) é dividida, de acordo com três faixas de frequência, em UV-AUV-B e UV-C, conforme a figura.

Para selecionar um filtro solar que apresente absorção máxima na faixa UV-B, uma pessoa analisou os espectros de absorção da radiação UV de cinco filtros solares:
Observação: velocidade da luz = 3,0 x 108 m/s e 1 nm = 1,0 x 10-9 m.

O filtro solar que a pessoa deve selecionar é o

(A) V     

(B) IV       

(C) III        

(D) II         

(E) I

Resolução:
Cálculo dos comprimentos de onda das frequências extremas da faixa UV-B.

c = λ.f

λ= c / f

λmin = 3,0.10/ 1,03.1015

λmin  2,9.10-7 m = 290 nm

λmáx = 3,0.10/ 9,34.1014

λmáx  3,2.10-7 m = 320 nm

Entre 290 nm e 320 nm, o filtro que apresenta absorção máxima é o filtro solar IV.

Resposta: B

 

12) (Enem) Para obter a posição de um telefone celular, a polícia baseia-se em informações do tempo de resposta do aparelho em relação às torres de celular da região de onde se originou a ligação. Em uma região, um aparelho está na área de cobertura de cinco torres, conforme o esquema.

Considerando que as torres e o celular são puntiformes e que estão sob o mesmo plano, qual o número mínimo de torres necessárias para se localizar a posição do telefone celular que originou a ligação?

(A) Uma.    

(B) Duas.    

(C) Três.    

(D) Quatro.    

(E) Cinco.

Resolução:

Observação: o sinas da torre e transmitido através de ondas e nesse caos ondas circulares e portanto seu alcance atinge a um determinado raio.

Conhecendo-se pelo menos as distâncias a três torres é possível localizar a posição do celular, por meio de um processo chamado triangulação.

Seja d1 a distância do celular à primeira torre. O celular pode estar em qualquer ponto da circunferência de centro na primeira torre A1 e raio d1 (figura a). Seja d2 a distância do celular à segunda torre A2. O celular pode estar num dos dois pontos P1 ou P2 em que as circunferências se interceptam (figura b). Seja d3 a distância do celular à terceira torre A3. A intersecção das três circunferências ocorre num ponto P onde se localiza o celular (figura c).

Alternativa: C

 

13) (Mackenzie SP/2006) As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas que se propagam na atmosfera com a velocidade da luz (3,0.105 km/s) e com frequências que variam de uma estação para a outra.

A rádio CBN emite uma onda de frequência 90,5 MHz e comprimento de onda aproximadamente igual a:

(A) 2,8 m

B) 3,3 m

(C) 4,2 m

(D) 4,9 m

(E) 5,2 m

Resolução:

f = 90,5 MHz = 90,5 . 10Hz

Velocidade da luz (c)

c = 3,0 . 105 km/s

ou

c = 3,0 . 108 m/s

Podemos utilizar a equação: v = λ . f, mas nesse caso trocaremos “v” por “c” por se tratar da velocidade da luz.

Então:

c = λ . f

3,0 . 108 = λ . 90,5 . 106

λ = 3,0 . 108
      90,5.106

λ = 0,033 . 108-6    → = 0,033 . 10² 

λ = 3,3 m

Alternativa: B

 

14) (Unifor/CE) Na figura está representada a configuração de uma onda mecânica que se propaga com velocidade de 20 m/s.

 

A frequência da onda, em hertz, vale:

(A) 5,0

(B) 10

(C) 20

(D) 25

(E) 50

Resolução:

Pela figura podemos perceber que λ = 20 cm
                                                   4

Logo λ = 80 cm = 0,8 m

v = λ . f

Sabendo que = 20 m/s, temos:

20 = 0,8 . f

f = 20
      0,8

f = 25 Hz

Alternativa: D

 

15) (Velocidade de onda) Ao dobrarmos a freqüência com que vibra uma fonte de ondas produzidas na água, numa experiência com ondas de água em um tanque:

(A) dobra o período
(B) dobra a velocidade de propagação da onda.
(C) o período não se altera
(D) a velocidade de propagação da onda se reduz à metade
(E) o comprimento de onda se reduz à metade

Resolução

A velocidade de propagação da onda na água é constante.

Logo, b e d são falsas.
O período é o inverso da freqüência, se esta última dobrou, implica a redução do período pela metade. Então, a e c são falsas.

A velocidade de onda é dada por:

V = λ.f

Onde λ é o comprimento de onda e é a freqüência da onda e V é a velocidade de propagação da onda.

Se f’ = 2 f

V = λ’.f’

V = λ’ . 2 f = λ . f

λ' = λ / 2

Alternativa: E

 

16) (Fuvest 2002) Radiações como raios X, luz verde, luz ultravioleta, microondas ou ondas de rádio são caracterizadas por seu comprimento de onda (l) e por sua freqüência (f).

Quando essas radiações propagam-se no vácuo, todas apresentam o mesmo valor para:

(A) λ
(B) f
(C) λ.f
(D) λ / f
(E) λ2 / f

Resolução

Todas as radiações citadas no enunciado do exercício são ondas eletromagnéticas. As ondas eletromagnéticas se propagam no vácuo com velocidade igual a velocidade da luz.

A equação para velocidade de onda é v = λ.f. 

Alternativa: C

 

17) (UFPA) Uma onda tem frequência de 10 Hz e se propaga com velocidade de 400 m/s. então, seu comprimento de onda vale, em metros.

(A) 0,04

(B) 0,4

(C) 4

(D) 40

(E) 400

Resolução

São dados do exercício:

V = 400 m/s

= 10 Hz

Como os dados já estão no sistema internacional de unidades, basta utilizar a equação de velocidade de onda:

V = λ.f

Logo,

λ = V /f

λ = 400 / 10

λ = 40 m

Alternativa: D 

 

18) (Enem) As ondas eletromagnéticas, como a luz visível e as ondas de rádio, viajam em linha reta em um meio homogêneo. Então, as ondas de rádio emitidas na região litorânea do Brasil não alcançariam a região amazônica do Brasil por causa da curvatura da Terra. Entretanto sabemos que é possível transmitir ondas de rádio entre essas duas localidades em virtude da ionosfera.

Com a ajuda da ionosfera, a transmissão de ondas planas entre o litoral do Brasil e a região amazônica é possível por meio da:

(A) Reflexão

(B) Refração

(C) Difração

(D) Polarização

(E) Interferência

 Resolução

As ondas eletromagnéticas, emitidas no litoral do Brasil, chegam até a Amazônia após sofrer reflexão na ionosfera. 

Alternativa: A

 

19) (Enem) Para que uma substância seja colorida, ela deve absorver luz na região do visível. Quando uma amostra absorve luz visível, a cor que percebemos é a soma das cores restantes que são refletidas ou transmitidas pelo objeto. A Figura 1 mostra o espectro de absorção para uma substância e é possível observar que há um comprimento de onda em que a intensidade de absorção é máxima. Um observador pode prever a cor dessa substância pelo uso da roda de cores (Figura 2): o comprimento de onda correspondente à cor do objeto é encontrado no lado oposto ao comprimento de onda da absorção máxima.


Diagrama da intensidade de luz absorvida em função do comprimento de onda


Roda de cores utilizada para prever a cor das substâncias

Brown, T. Química a Ciência Central. 2005 (adaptado).

Qual a cor da substância que deu origem ao espectro da Figura 1?

(A) Azul.

(B) Verde.

(C) Violeta.

(D) Laranja.

(E) Vermelho.

Resolução

Essa questão pode ser respondida apenas com a interpretação do texto e das representações gráficas do enunciado. Observe o seguinte trecho da questão: “A Figura 1 mostra o espectro de absorção para uma substância e é possível observar que há um comprimento de onda em que a intensidade de absorção é máxima.” Agora veja a figura 1, o ponto de absorção máxima ocorre quando a curva atinge o ponto mais alto. Nesse ponto, o comprimento de onda é 500 nm.

Agora observe o outro trecho do enunciado da questão: “Um observador pode prever a cor dessa substância pelo uso da roda de cores (Figura 2): o comprimento de onda correspondente à cor do objeto é encontrado no lado oposto ao comprimento de onda da absorção máxima.” Observando a roda de cores, podemos localizar o ponto em que o comprimento de onda é 500 nm (indicado com uma seta). No lado oposto desse ponto, encontramos a cor vermelha que corresponde à cor da substância que deu origem ao espectro..

Alternativa: E

 

20) Na Terra, certo pêndulo simples executa oscilações com período de 1s.

a) Qual o período desse pêndulo se posto a oscilar na Lua, onde a aceleração da gravidade é 6 vezes menor?

b) Que aconteceria com o período desse pêndulo à medida que fosse removido para uma região livre de ações gravitacionais?

Resolução:
Um pêndulo simples é um corpo ideal, constituído por uma partícula suspensa por um fio inextensível e de massa desprezível. Quando esta partícula é afastada de sua posição de equilíbrio e solta, o pêndulo oscila em um plano vertical sob á ação da aceleração gravitacional. O movimento do pêndulo é periódico e oscilatório e podemos determinar o período do movimento pela seguinte equação:

a) Aplicando a equação definimos o período de um pêndulo na Terra e outro na Lua:

A razão entre estas duas equações nos fornecerá o período do pêndulo na Lua.

Como gL = gT / 6, temos:

Sabendo que TT = 1s:


b) remover o pêndulo para uma região livre de ações gravitacionais é o mesmo que dizer que a aceleração gravitacional tende a zero. Pela equação do período do pêndulo simples, este período tenderia a infinito.

 

QUESTÕES DE VESTIBULAR COM GABARITO

01) (UFSC) Em relação às ondas e aos fenômenos ondulatórios, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

1- A variação da frequência das ondas percebidas por um observador, devido ao movimento relativo entre este e a fonte geradora das ondas, é explicada pelo efeito Doppler.

2 - A  velocidade  de  uma  onda  em  um determinado meio é de 120 m/s, para uma frequência de 60 Hz. Dobrando a frequência, a velocidade da onda neste meio também dobra.

4 - Uma onda, que se propaga em determinado meio, terá uma velocidade que depende deste meio e uma frequência definida pela fonte da onda.

8 - Dois instrumentos musicais, emitindo a mesma nota musical, são diferenciados um do outro pela altura do som.

16 - A refração é caracterizada pela mudança de direção de propagação da onda ao mudar de meio.

 

02) (UDESC) Um feixe de luz de comprimento de onda igual a 600x10-9 m, no vácuo, atravessa um bloco de vidro de índice de refração igual a 1,50. A velocidade e o comprimento de onda da luz no vidro são, respectivamente, iguais a:

(A) 3,0 x 108 m/s e 600 x 10-9 m

(B) 3,0 x 108 m/s e 4,0 x 10-7 m

(C) 2,0 x 108 m/s e 400 x 10-9 m

(D) 5,0 x 107 m/s e 900 x 10-9 m

(E) 2,0 x 108 m/s e 900 x 10-9 m

 

02) (UDESC) Considere as situações cotidianas apresentadas abaixo.

I - Quando um avião está voando nas vizinhanças de uma casa, algumas vezes a imagem da TV sofre pequenos tremores e fica ligeiramente fora de foco.

II - Uma criança faz bolhas de sabão com auxílio de um canudinho, soprando água na qual se mistura um pouco de sabão. Quando a bolha está crescendo, observa se uma mudança de cor da película da bolha.

III - Uma pessoa escuta o som que vem de trás do muro.

IV - Uma piscina cheia de água parece mais rasa quando observada de fora.

V - Uma pessoa vê sua imagem na superfície de um lago.

Assinale a seqüência que indica corretamente os conceitos físicos utilizados para explicar cada uma das cinco situações.

(A) I - Interferência, II - difração, III - difração, IV - interferência, V - difração

(B) I - Difração, II - interferência, III - reflexão, IV - refração, V - refração

(C) I - Difração, II - difração, III - interferência, IV - refração, V - reflexão

(D) I - Reflexão, II - refração, III - reflexão, IV - refração, V - reflexão

(E) I - Interferência, II - interferência, III - difração, IV - refração, V - reflexão

 

04) (UFMG) Quando uma onda sonora incide na superfície de um lago, uma parte dela é refletida e a outra é transmitida para a água. Sejam fI a freqüência da onda incidente, fR a freqüência da onda refletida e fT a freqüência da onda transmitida para a água. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que:

(A) fR = fI e fT > fI

(B) fR < fI e fT > fI

(C) fR = fI e fT = fI

(D) fR < fI e fT = fI

 

05) (Enem) Ao sintonizarmos uma estação de rádio ou um canal de TV em um aparelho, estamos alterando algumas características elétricas de seu circuito receptor. Das inúmeras ondas eletromagnéticas que chegam simultaneamente ao receptor, somente aquelas que oscilam com determinada frequência resultarão em máxima absorção de energia. O fenômeno descrito é a:

(A) difração.

(B) refração

(C) polarização.

(D) interferência.

(E) ressonância.

 

05) (Enem) Uma manifestação comum das torcidas em estádios de futebol é a ola mexicana. Os espectadores de uma linha, sem sair do lugar e sem se deslocarem lateralmente, ficam de pé e se sentam, sincronizados com os da linha adjacente. O efeito coletivo se propaga pelos espectadores do estádio, formando uma onda progressiva, conforme ilustração.

Calcula-se que a velocidade de propagação dessa “onda humana” é 45 km/h, e que cada período de oscilação contém 16 pessoas, que se levantam e sentam organizadamente e distanciadas entre si por 80 cm.

Disponível em: www.ufsm.br. Acesso em: 7 dez. 2012 (adaptado).

Nessa ola mexicana, a frequência da onda, em hertz, é um valor mais próximo de:

(A) 0,3.

(B) 0,5.

(C) 1,0.

(D) 1,9

(E) 3,7.

 

07) (Enem) Em um dia de chuva muito forte, constatou-se uma goteira sobre o centro de uma piscina coberta, formando um padrão de ondas circulares. Nessa situação, observou-se que caíam duas gotas a cada segundo. A distância entre duas cristas consecutivas era de 25 cm e cada uma delas se aproximava da borda da piscina com velocidade de 1,0 m/s. Após algum tempo a chuva diminuiu e a goteira passou a cair uma vez por segundo. Com a diminuição da chuva, a distância entre as cristas e a velocidade de propagação da onda se tornaram, respectivamente:

(A) maior que 25 cm e maior que 1,0 m/s.

(B) maior que 25 cm e igual a 1,0 m/s.

(C) menor que 25 cm e menor que 1,0 m/s.

(D) menor que 25 cm e igual a 1,0 m/s.

(E) igual a 25 cm e igual a 1,0 m/s

 

08) (UFRGS) Na figura abaixo, estão representadas duas ondas transversais P e Q, em um dado instante de tempo.

Considere que as velocidades de propagação das ondas são iguais.

 

Sobre essa representação das ondas P e Q, são feitas as seguintes afirmações.

I - A onda P tem o dobro da amplitude da onda Q.

II - A onda P tem o dobro do comprimento de onda da onda Q.

III- A onda P tem o dobro da frequência da onda Q.

Quais estão corretas?

(A) Apenas I.

(B) Apenas II.

(C) Apenas III.

(D) Apenas I e II.

(E) I, II e III.

 

09) (FUVEST) A figura representa uma onda harmônica transversal, que se propaga no sentido positivo do eixo x, em dois instantes de tempo: t = 3 s (linha cheia) e t = 7 s (linha tracejada).

 

 

Dentre as alternativas, a que pode corresponder à velocidade de propagação dessa onda é:

(A) 0,14 m/s

(B) 0,25 m/s

(C) 0,33 m/s

(D) 1,00 m/s

(E) 2,00 m/s

GABARITO:

01[1,4 = 5] – 02C – 03E – 04C – 05E – 06C – 07B – 08B – 09B.

 

QUESTÕES RESOLVIDAS

Observação: alguns desses exercícios abordam fenômenos que envolvem as ondas sonoras e as ondas luminosas. Portanto, para resolvê-los, você precisa conhecer as características e fenômenos relacionados ao som e a luz.

Exemplo – 1:

(Enem/2015) Certos tipos de superfícies na natureza podem refletir luz de forma a gerar um efeito de arco-íris. Essa característica é conhecida como iridescência e ocorre por causa do fenômeno da interferência de película fina. A figura ilustra o esquema de uma fina camada iridescente de óleo sobre uma poça d’água. Parte do feixe de luz branca incidente (1) reflete na interface ar/óleo e sofre inversão de fase (2), o que equivale a uma mudança de meio comprimento de onda. A parte refratada do feixe (3) incide na interface óleo/água e sofre reflexão sem inversão de fase (4). O observador indicado enxergará aquela região do filme com coloração equivalente à do comprimento de onda que sofre interferência completamente construtiva entre os raios (2) e (5), mas essa condição só é possível para uma espessura mínima da película. Considere que o caminho percorrido em (3) e (4)  corresponde ao dobro da espessura E da película de óleo.

 

Expressa em termos do comprimento de onda (λ), a espessura mínima é igual a:

A) λ/4                          

B) λ/2                                

C) 3λ/4                      

D) λ 

E) 2λ

Resolução:

A diferença de caminho entre as ondas que se superpõem é o dobro da espessura E da lâmina. Sendo a interferência construtiva, temos:

2E = i.λ / 2

sendo i = 1, 3, 5, ...

A espessura mínima corresponde a i = 1:

2E = 1 . λ /2

E = λ / 4

Resposta: A

 

Exemplo - 2:

(Enem) Uma manifestação comum das torcidas em estádios de futebol é a ola mexicana. Os espectadores de uma linha, sem sair do lugar e sem se deslocarem lateralmente, ficam de pé e se sentam, sincronizados com os da linha adjacente. O efeito coletivo se propaga pelos espectadores do estádio, formando uma onda progressiva, conforme ilustração.

Ola mexicana feita por torcedores em estádios de futebol

Ola mexicana feita por torcedores em estádios de futebol

Calcula-se que a velocidade de propagação dessa “onda humana” é 45 km/h, e que cada período de oscilação contém 16 pessoas, que se levantam e sentam organizadamente e distanciadas entre si por 80 cm.

Disponível em: www.ufsm.br.

Acesso em: 7 dez. 2012 (adaptado). 

Nessa olá mexicana, a frequência da onda, em hertz, é um valor mais próximo de 

A) 0,3
B) 0,5
C) 1,0
D) 1,9
E) 3,7.

Resolução
Inicialmente   podemos    calcular    o   comprimento   de    onda    multiplicando  a  distância  entre  as  pessoas,  0,8 (80 cm = 0,8m), pelo número de “distâncias”, que é 15, visto que há 16 pessoas:

λ = 15 . 0,8
λ = 12 m

Em seguida, calcula-se a frequência através da seguinte expressão:

f = v
      λ 

Dada a velocidade (v = 45 km/h), devemos passar sua unidade de medida para m/s. Para isso, basta dividi-la por 3,6:

v = 45  = 12,5 m/s
      3,6

Substituindo na equação:

f = 12,5 = 1,04
       12

Alternativa: C

 

Exemplo - 3:

(Enem/2005) A radiação ultravioleta (UV) é dividida, de acordo com três faixas de frequência, em UV-AUV-B e UV-C, conforme a figura.

Para selecionar um filtro solar que apresente absorção máxima na faixa UV-B, uma pessoa analisou os espectros de absorção da radiação UV de cinco filtros solares:

Observação: velocidade da luz = 3,0 x 108 m/s e 1 nm = 1,0 x 10-9 m.

O filtro solar que a pessoa deve selecionar é o

A) V     

B) IV       

C) III        

D) II         

E) I


Resolução:

Cálculo dos comprimentos de onda das frequências extremas da faixa UV-B.

c = λ.f

λ= c / f

λmin = 3,0.10/ 1,03.1015

λmin ≅ 2,9.10-7 m = 290 nm

λmáx = 3,0.10/ 9,34.1014

λmáx ≅ 3,2.10-7 m = 320 nm


Entre 290 nm e 320 nm, o filtro que apresenta absorção máxima é o filtro solar IV.

Resposta: B

 

Exemplo - 4:

(Enem/2015) Para obter a posição de um telefone celular, a polícia baseia-se em informações do tempo de resposta do aparelho em relação às torres de celular da região de onde se originou a ligação. Em uma região, um aparelho está na área de cobertura de cinco torres, conforme o esquema.

Considerando que as torres e o celular são puntiformes e que estão sob o mesmo plano, qual o número mínimo de torres necessárias para se localizar a posição do telefone celular que originou a ligação?

A) Uma.    

B) Duas.    

C) Três.    

D) Quatro.    

E) Cinco.

Resolução:

Observação: o sinas da torre e transmitido através de ondas e nesse caos ondas circulares e portanto seu alcance atinge a um determinado raio.

Conhecendo-se pelo menos as distâncias a três torres é possível localizar a posição do celular, por meio de um processo chamado triangulação.

Seja d1 a distância do celular à primeira torre. O celular pode estar em qualquer ponto da circunferência de centro na primeira torre A1 e raio d1 (figura a). Seja d2 a distância do celular à segunda torre A2. O celular pode estar num dos dois pontos P1 ou P2 em que as circunferências se interceptam (figura b). Seja d3 a distância do celular à terceira torre A3. A intersecção das três circunferências ocorre num ponto P onde se localiza o celular (figura c).

Alternativa: C

 

Exemplo - 5:

(Mackenzie SP/2006) As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas que se propagam na atmosfera com a velocidade da luz (3,0.105 km/s) e com frequências que variam de uma estação para a outra.

A rádio CBN emite uma onda de frequência 90,5 MHz e comprimento de onda aproximadamente igual a:

A) 2,8 m

B) 3,3 m

C) 4,2 m

D) 4,9 m

E) 5,2 m

Resolução:

f = 90,5 MHz = 90,5 . 10Hz

Velocidade da luz (c) = 3,0 . 105 km/s   →   c = 3,0 . 108 m/s

Podemos utilizar a equação: v = λ . f, mas nesse caso trocaremos “v” por “c” por se tratar da velocidade da luz.

Então:

c = λ . f

3,0 . 108 = λ . 90,5 . 106

λ = 3,0 . 108
      90,5.106

λ = 0,033 . 108-6    → = 0,033 . 10² 

λ = 3,3 m

Alternativa: B

 

Exemplo - 6:

(Unifor/CE) Na figura está representada a configuração de uma onda mecânica que se propaga com velocidade de 20 m/s.

 

A frequência da onda, em hertz, vale:

A) 5,0

B) 10

C) 20

D) 25

E) 50

Resolução:

Pela figura podemos perceber que λ = 20 cm
                                                   4

Logo λ = 80 cm = 0,8 m

v = λ . f

Sabendo que = 20 m/s, temos: 20 = 0,8 . f

f = 20
      0,8

f = 25 Hz

Alternativa: D

 

Exemplo - 7:

(Velocidade de onda) Ao dobrarmos a freqüência com que vibra uma fonte de ondas produzidas na água, numa experiência com ondas de água em um tanque:

A) dobra o período
B) dobra a velocidade de propagação da onda.
C) o período não se altera
D) a velocidade de propagação da onda se reduz à metade
E) o comprimento de onda se reduz à metade


Resolução

velocidade de propagação da onda na água é constante.

Logo, b e d são falsas.
O período é o inverso da freqüência, se esta última dobrou, implica a redução do período pela metade. Então, a e c são falsas.

A velocidade de onda é dada por:

V = λ.f

Onde λ é o comprimento de onda e é a freqüência da onda e V é a velocidade de propagação da onda.

Se f’ = 2 f

V = λ’.f’

V = λ’ . 2 f = λ . f

λ' = λ / 2

Alternativa: E

 

Exemplo - 8:

(Fuvest 2002) Radiações como raios X, luz verde, luz ultravioleta, microondas ou ondas de rádio são caracterizadas por seu comprimento de onda (l) e por sua freqüência (f).

Quando essas radiações propagam-se no vácuo, todas apresentam o mesmo valor para:

A) λ
B) f
C) λ.f
D) λ / f
E) λ2 / f

Resolução

Todas as radiações citadas no enunciado do exercício são ondas eletromagnéticas. As ondas eletromagnéticas se propagam no vácuo com velocidade igual a velocidade da luz.

A equação para velocidade de onda é v = λ.f 

Alternativa: c

 

Exemplo - 9:

(UFPA) Uma onda tem frequência de 10 Hz e se propaga com velocidade de 400 m/s. então, seu comprimento de onda vale, em metros.

A) 0,04

B) 0,4

C) 4

D) 40

E) 400

Resolução

São dados do exercício:

V = 400 m/s

f = 10 Hz

Como os dados já estão no sistema internacional de unidades, basta utilizar a equação de velocidade de onda:

V = λ.f

Logo,

λ = V /f

λ = 400 / 10

λ = 40 m

Alternativa: D 

 

Exemplo - 10:

(Enem) As ondas eletromagnéticas, como a luz visível e as ondas de rádio, viajam em linha reta em um meio homogêneo. Então, as ondas de rádio emitidas na região litorânea do Brasil não alcançariam a região amazônica do Brasil por causa da curvatura da Terra. Entretanto sabemos que é possível transmitir ondas de rádio entre essas duas localidades em virtude da ionosfera.

Com a ajuda da ionosfera, a transmissão de ondas planas entre o litoral do Brasil e a região amazônica é possível por meio da:

A) Reflexão

B) Refração

C) Difração

D) Polarização

E) Interferência

Resolução

As ondas eletromagnéticas, emitidas no litoral do Brasil, chegam até a Amazônia após sofrer reflexão na ionosfera. 

Alternativa: A

 

Exemplo - 11:

(Enem) Para que uma substância seja colorida, ela deve absorver luz na região do visível. Quando uma amostra absorve luz visível, a cor que percebemos é a soma das cores restantes que são refletidas ou transmitidas pelo objeto. A Figura 1 mostra o espectro de absorção para uma substância e é possível observar que há um comprimento de onda em que a intensidade de absorção é máxima. Um observador pode prever a cor dessa substância pelo uso da roda de cores (Figura 2): o comprimento de onda correspondente à cor do objeto é encontrado no lado oposto ao comprimento de onda da absorção máxima.


Diagrama da intensidade de luz absorvida em função do comprimento de onda


Roda de cores utilizada para prever a cor das substâncias

Brown, T. Química a Ciência Central. 2005 (adaptado).

Qual a cor da substância que deu origem ao espectro da Figura 1?

A) Azul.

B) Verde.

C) Violeta.

D) Laranja.

E) Vermelho.

Resolução

Essa questão pode ser respondida apenas com a interpretação do texto e das representações gráficas do enunciado. Observe o seguinte trecho da questão: “A Figura 1 mostra o espectro de absorção para uma substância e é possível observar que há um comprimento de onda em que a intensidade de absorção é máxima.” Agora veja a figura 1, o ponto de absorção máxima ocorre quando a curva atinge o ponto mais alto. Nesse ponto, o comprimento de onda é 500 nm.

Agora observe o outro trecho do enunciado da questão: “Um observador pode prever a cor dessa substância pelo uso da roda de cores (Figura 2): o comprimento de onda correspondente à cor do objeto é encontrado no lado oposto ao comprimento de onda da absorção máxima.” Observando a roda de cores, podemos localizar o ponto em que o comprimento de onda é 500 nm (indicado com uma seta). No lado oposto desse ponto, encontramos a cor vermelha que corresponde à cor da substância que deu origem ao espectro..

Alternativa: E

 

Exemplo – 12:

Na Terra, certo pêndulo simples executa oscilações com período de 1s.

a) Qual o período desse pêndulo se posto a oscilar na Lua, onde a aceleração da gravidade é 6 vezes menor?

b) Que aconteceria com o período desse pêndulo à medida que fosse removido para uma região livre de ações gravitacionais?

Resolução:
Um pêndulo simples é um corpo ideal, constituído por uma partícula suspensa por um fio inextensível e de massa desprezível. Quando esta partícula é afastada de sua posição de equilíbrio e solta, o pêndulo oscila em um plano vertical sob á ação da aceleração gravitacional. O movimento do pêndulo é periódico e oscilatório e podemos determinar o período do movimento pela seguinte equação:
a) Aplicando a equação definimos o período de um pêndulo na Terra e outro na Lua:

A razão entre estas duas equações nos fornecerá o período do pêndulo na Lua.

Como gL = gT / 6, temos:

Sabendo que TT = 1s:



b) remover o pêndulo para uma região livre de ações gravitacionais é o mesmo que dizer que a aceleração gravitacional tende a zero. Pela equação do período do pêndulo simples, este período tenderia a infinito.

 

 

Continua...